A importancia do método Pilates dentro e fora do estúdio

 

Um bom condicionamento físico é o primeiro passo para a felicidade. A realização de nossas diversas atividades diárias, com espontaneidade e prazer, se dá com a obtenção e manutenção de uma boa forma física alinhando corpo e mente sadia, sendo totalmente capaz de realizar tudo o que deseja de forma natural, fácil e satisfatoriamente. Para alcançar estas realizações dentro de nossas capacidades em todos os momentos da vida, precisamos nos esforçar para adquirir corpos fortes e saudáveis e desenvolver nossas mentes até o limite de nossa habilidade.

O que é equilíbrio entre o corpo e a mente?

É o controle consciente de todos os movimentos musculares do corpo. É a correta utilização e aplicação dos princípios mecânicos que abrangem a estrutura do esqueleto, um completo conhecimento do mecanismo do corpo e uma compreensão total dos princípios de equilíbrio e gravidade, como nos movimentos do corpo durante a ação, no repouso e no sono.

O método Pilates é fundamentado em preceitos anatômicos, fisiológicos e biomecânicos e possui seis princípios básicos que devem ser respeitados para sua correta aplicação, que são: concentração, centralização, respiração, fluidez, precisão e controle. Vamos a eles:

Concentração

Joseph Pilates já dizia: A concentração no movimento irá potencializar a execução correta dos exercícios, intensificando o grupo muscular que está sendo solicitado, proporcionando um melhor aproveitamento dos benefícios do Pilates.

Nas atividades do dia a dia manter se concentrado será primordial para bons resultados com melhor aproveitamento de sua energia e percepção corporal.

Centralização / Power House / Centro

Centralização é o termo utilizado para entender o que Joseph Pilates chamou de Power House (Centro de força).

O controle do centro de força proporciona adequada estabilização do tronco, o alinhamento biomecânico com menor gasto energético, promove a manutenção da boa postura, facilita movimentos equilibrados e refina o controle motor das extremidades.

Projetando a força corporal para o lugar certo ao executar suas atividades e no trabalho, mantendo boa postura, evitará lesões e gasto energético desnecessário.

Respiração

Em nosso dia a dia normalmente respiramos apenas o essencial para sobrevivência, ou seja, não utilizamos toda a capacidade pulmonar disponível.

O controle da respiração possibilita a organização do tronco por meio do recrutamento da musculatura adequada, favorecendo o relaxamento dos músculos inspiratórios acessórios.

Inspire profundamente e expire lentamente e perceba como todo corpo restabelece. Respirando corretamente não só durante as aulas de pilates, mas também fora do estúdio perceberá que além da melhora da postura corporal, ansiedade e estresse diminuirão.

Fluidez

A fluidez do movimento, sendo executada da maneira adequada, vai contribuir para o principio da respiração, dando ritmo ao movimento.

Os movimentos disfuncionais precisam de exercício para readquirir fluidez e coordenação.

Importante realizar movimentos lentos, progressivos e alinhados durante suas atividades e trabalho evita lesões e menos problemas médicos.

Precisão e Controle

Sempre importante manter o alinhamento corporal e o alongamento axial(Como falamos em nossas aulas: Quadril na neutra e Cresce essa coluna!) para evitar qualquer tipo de compensação, consequentemente evitando possíveis lesões e gasto energético desnecessário.

Alinhar mente e corpo é essencial para o aprendizado destes princípios e para realizar os movimentos corporais com melhor performance. Mantendo estes princípios durante suas atividades do dia a dia perceberá que não haverá mais dores.

Finalizando, podemos concluir que o repertório de exercícios do método visa à reeducação da postura e do movimento; controle da respiração; à integração dos membros superiores e inferiores com o tronco; à flexibilidade muscular; o equilíbrio; o fortalecimento abdominal; à estabilização de coluna, pelve e ombros; à normalização do tônus muscular; e ao controle voluntário e consciente do movimento por meio de estímulos proprioceptivos e reeducação funcional.

Também que, a partir do aprendizado dos princípios da técnica de Pilates dentro do estúdio e assimilando junto a suas atividades diárias e trabalho certamente sentirá todos os benefícios.

Aqui no Espaço ERA nossos professores/instrutores estão sempre atentos aos princípios da técnica e sempre sugerindo a melhor forma para o efetivo aprendizado proporcionando aos nossos alunos saúde e bem-estar dentro e fora do estúdio.

Espaço ERA Equilíbrio, Respeito e Atitude POR VOCÊ.

 

Matéria escrita por nossa Fisioterapeuta Dra. Tatiane Arello

 

Referências Bibliográficas

  1. Artigo: Doença de Parkinson: alterações funcionais e potencial aplicação do método Pilates; Maria do Carmo Correia de Lima, Adriana Macedo de Miranda, Paula Prestrelo Costa Martins e Etiene Oliveira da Silva Fittipaldi, Geriatria & Gerontologia. 2009;3(1):33-40;
  2. Livro: O retorno à vida pela Contrologia; Fundamentos básicos de uma educação física natural; Joseph Hubertus Pilates e Willian John Miller; 1945; 1 edição brasileira em 2010; página 117-120;
  3. Livro: Sua Saúde; Saúde – uma condição normal e natural; Joseph Hubertus Pilates; 1934; 1 edição brasileira em 2010; página 117-120;
  4. Coletânea Pilates: Pilates aplicado à gestantes; Dra.Patricia de Andrade Valeriano; 2018; Porto Alegre; 1 edição; VOLL Pilates Group, páginas 8 -20.

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *